Carne de frango: desempenho das 22 UFs exportadoras de carne de frango no 1º semestre

Dados revisados da SECEX/ME apontam que apenas oito das 22 Unidades Federativas (UFs) que exportaram carne de frango no primeiro semestre de 2021 embarcaram volume inferior ao de idêntico semestre de 2020. Entre as mais representativas (pelo volume), Santa Catarina (-0,43%) e São Paulo (-11,14%), o que não impediu que os embarques totais do período aumentassem perto de 6% em termos anuais.

De toda forma, menor número de UFs registrou decréscimo na receita cambial do semestre, o que decorre da melhora nos preços médios do produto. Sob esse aspecto, por sinal, os embarques da Região Nordeste recuaram 1,14%, mas sua receita cambial registrou incremento de 20%. Como resultado final, a receita global auferida pelas 22 UFs aumentou quase 10% em 2021.

Não tem influência sobre os resultados obtidos, pois representou apenas 0,01% do total exportado. De toda forma, chama a atenção o registro, nos dados da SECEX/ME, da existência de um volume de origem não declarada 644% superior ao de um ano atrás e que, por sua vez, obteve um aumento de receita de mais de 700%.

Da redação com Agrolink

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *