Bancos gaúchos prospectam R$ 1,8 bilhão para Plano Safra

Além do Banrisul, os produtores do Rio Grande do Sul podem contar com outras entidades do sistema financeiro estadual para acessar crédito rural: juntos, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e o Badesul somam R$ 1,8 bilhão prospectados para o Plano Safra 2021/2022.

O BRDE projeta contratações ao redor de R$ 1,1 bilhão para o atual Plano Safra, sendo que cerca de R$ 150 milhões desse volume são de recursos próprios, por meio do Equaliza Sul. É um valor próximo ao operado no plano anterior.

Já o Badesul irá disponibilizar o montante aproximado de R$ 700 milhões para o Plano Safra 2021/2022. Para isso, ofereceu condições especiais, como a dispensa da taxa de análise para produtores rurais (Pessoa Física e Jurídica), cooperativas agroindustriais e cerealistas. A agência de fomento ofereceu desconto de 25% para as demais empresas nas operações que foram protocoladas de 24 de maio a 25 de junho, período considerado de prospecção comercial, pelo Badesul, para o Plano Safra deste ano.

As condições referentes ao Plano Safra 2021/2022 serão avaliadas para as operações aprovadas até 17 de dezembro, estando condicionadas à disponibilidade de recursos dos programas do BNDES e à análise de crédito. A documentação deve ser entregue para análise do projeto e sem necessidade de alteração até o dia 12 de novembro. Foram recebidas 209 propostas de financiamento, um valor total de R$ 771.493.409,08.

Procura alta por armazenagem, irrigação e agricultura de baixo carbono

Os financiamentos relacionados à armazenagem foram os mais procurados até o momento para o segmento de agronegócios do Badesul, sendo mais de R$ 122 milhões prospectados. Em segundo e terceiro lugar estão propostas para a irrigação e ABC – agricultura de baixo carbono, com R$ 89 milhões e R$ 71 milhões, respectivamente. Na lista também estão: máquinas e equipamentos, obras civis, ampliação/expansão, sustentabilidade/energias renováveis e outros.

“Mesmo após o período e o excelente resultado da sua campanha comercial, o Badesul continua atuante e recebendo novas propostas para análise de financiamento para o Agronegócio através do Plano Safra 2021/2022, enquanto durarem os recursos do mesmo. Estaremos na Expointer 2021 recebendo novos projetos na Casa do Badesul”, destaca a presidente do Badesul, Jeanette Lontra.

Da redação com o Agrolink

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *