Senar capacita novos técnicos de campo e supervisores da Assistência Técnica e Gerencial

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) promove, até o dia 30 de junho, a capacitação de novos técnicos de campo e supervisores da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) da Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais e Tocantins para atender produtores do projeto FIP Paisagens Rurais.

O curso vai ensinar os participantes sobre a utilização do ISA – Indicadores de Sustentabilidade em Agroecossistemas, além de outras ferramentas importantes para o desenvolvimento da metodologia como Google Earth Pro, Desenhador do CAR Nacional e Web Ambiente.

O ISA proporciona uma visão integrada da propriedade rural levando em conta os aspectos produtivo/econômico, ambiental/social e de uso e ocupação do solo.

A assistência técnica no projeto auxilia no desenvolvimento socioeconômico e ambiental das propriedades rurais assistidas, prestando o suporte técnico e gerencial aliado às estratégias que estimulem a adoção de práticas agropecuárias de baixa emissão de carbono, de conservação e restauração de áreas degradadas e de passivos ambientais.

“A ferramenta registra as informações das propriedades rurais de forma geoespacial para que os técnicos possam planejar as intervenções e orientar os produtores sobre o plano de adequação ambiental a ser realizado durante o projeto,” afirmou o assessor técnico da Diretoria de Assistência Técnica do Senar, Rafael Costa.

Além do ISA, os técnicos de campo e supervisores vão participar de uma capacitação da Embrapa, em julho, sobre Recuperação de Áreas Degradadas (RAD) e Recuperação de Pastagens Degradadas (RPD), para que possam realizar o Plano de Adequação (ISA) das propriedades rurais atendidas com base nas estratégias de recomposição prevista no Web Ambiente.

O FIP Paisagens Rurais vai beneficiar quatro mil produtores rurais com ações de ATeG, mais 5,2 mil pessoas por meio de capacitação, estimulando a adoção de práticas agropecuárias de baixa emissão de carbono em 100 mil hectares e a adoção de práticas de conservação e recuperação em sete mil hectares de área.

FIP Paisagens Rurais – O Projeto Gestão Integrada da Paisagem no Bioma Cerrado (FIP Paisagens Rurais) é financiado com recursos do Programa de Investimento Florestal, através do Banco Mundial. A coordenação é do Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa); com parceria da Agência de Cooperação Técnica Alemã (GIZ), do Senar e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI), por meio do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e da Embrapa.

Da redação com Agrolink

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *