Robôs podem matar ervas daninhas no morango

De acordo com os pesquisadores Nathan Boyd e Arnold Schumann da Universidade da Flórida, os robôs podem substituir os tratores como meio de distribuição do spray no campo. Eliminar as ervas daninhas é fundamental para os produtores da indústria de morangos da Flórida, de US$ 300 milhões por ano, porque as ervas daninhas prejudicam a produção de frutas.

Para conduzir seus estudos, os pesquisadores da UF / IFAS montam um sistema de pulverização inteligente em um pulverizador puxado por trator, que usa o processo altamente direcionado para pulverizar apenas ervas daninhas. Até agora, eles estão matando até 90% das ervas daninhas. A pulverização precisa depende de muitos fatores, incluindo os tipos de ervas daninhas que os cientistas visam e a velocidade do trator que as pulveriza, disse Boyd, professor associado de ciências da horticultura da UF / IFAS.

Juntos, Boyd e Schumann – um professor de ciências do solo e da água no Centro de Pesquisa e Educação de Citros em Lake Alfred – estão usando inteligência artificial para detectar e identificar ervas daninhas dentro da copa de uma plantação. A tecnologia também pode fazer o inverso: detectar o dossel e borrifar todo o resto.

Boyd e sua equipe treinaram programas de IA para procurar ervas daninhas nas imagens coletadas por uma câmera. Uma vez detectado, um computador envia um sinal ao sistema de pulverização para pulverizar o herbicida apenas nas ervas daninhas. “Isso é feito enquanto você se move pelo campo em um trator, então você deve ser capaz de detectar ervas daninhas e atingir um alvo em movimento”, disse Boyd. Não é uma tarefa fácil, mas vale a pena. A equipe de Boyd também está trabalhando para melhorar a precisão da pulverização em velocidades mais altas do trator.

Da redação com o Agrolink

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *