Brasil agora pode exportar leite ao México

As autoridades do México autorizaram, na última quarta-feira (2), os requisitos sanitários e fitossanitários para a importação de leite, produtos lácteos e sementes de gergelim do Brasil. A informação foi publicada por meio de uma nota conjunta divulgada pelo Ministérios das Relações Exteriores (MRE) e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

“O Governo brasileiro recebeu com satisfação a notícia da aprovação pelas autoridades mexicanas dos requisitos sanitários e fitossanitários para a exportação de leite, produtos lácteos e sementes de gergelim ao México. Trata-se da abertura de mercado para mais de 33 tipos de produtos do agronegócio brasileiro em relevante parceiro comercial do Brasil”, comenta a nota, publicada na noite desta quarta-feira.

Nesse cenário, a nota informa também que as autoridades mexicanas habilitaram, concomitantemente, 18 estabelecimentos brasileiros para exportar ao México produtos como leite integral, leite em pó e queijos. “O processo de liberação das exportações de leite e produtos lácteos brasileiros ao mercado mexicano estará concluído após a publicação pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do respectivo Certificado Sanitário Internacional”, completa a informação.

No caso do gergelim, somente a semente recebeu a aprovação dessa vez, já que o gergelim brasileiro já se encontra habilitado para exportações ao México. No ano de 2020 foram exportados para o México US$ 3,8 Bilhões o que gerou um saldo positivo na balança comercial entre os dois países, ou seja, exportamos mais do que importamos no ano passado.

Da redação com o Agrolink

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *