China alcança alto rendimento com arroz híbrido

Produtores chineses alcançaram altos rendimentos com uma cultivar de arroz híbrido em uma área experimental na província de Hainan, no Sul. O projeto é liderado pelo pesquisador e agrônomo chinês Yuan Longping, considerado o pai do arroz híbrido.

O novo grão super-híbrido chamado de Chaoyouqianhão atingiu produção de cerca de 533,95 quilos por 0,06 hectare. A variedade se desenvolve bem em solos alcalinos e com alto teor de sal. A expectativa era de atingir pelo menos 900kg por mu mas atingiu 1,004 kg por um. A meta é chegar aos 1.500 quilos por mu, uma produtividade elevada em duas safras. O mu é uma unidade de medida chinesa. Um mu corresponde a 0,06 hectare.

Atualmente são três áreas em observação na região, com áreas experimentais. O calor local seria responsável por acelerar o crescimento do arroz, encurtando o ciclo e garantindo as altas produtividades. O modelo já é usado por outras áreas na China. Em 2019 o país produziu mais de 209 milhões de toneladas do grão, sendo o maior produtor do mundo.

Da redação com o Agrolink

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *