Fazenda ganha produtividade e maior resistência à seca

Mais conhecida pelo potencial natural, que reúne cachoeiras, trilhas ecológicas, balneários e grutas, a pequena Bodoquena, integrante do complexo turístico do Parque Nacional da Serra de Bodoquena, no Mato Grosso do Sul, a apenas 75 km de Bonito, também se destaca pela agropecuária, que responde por mais de 40% da renda do município. Uma das fazendas locais é a Campo Novo Parte, onde  Anderson de Oliveira Bandeira produz, com apoio da família e de um funcionário, soja, milho, feijão e sorgo.

Os 160 hectares da propriedade começaram a ser cultivados há cerca de três anos e desde o início Anderson procurou formas sustentáveis para a adubação. Em 2018, por indicação de conhecidos, ele fez um teste com o fertilizante organomineral Supergan da SUPERBAC. “Gostamos. Os resultados foram muito bons e decidimos adotar”, afirma.

Ele conta que passou a adubar, especialmente durante o inverno, 100% da área de plantio da safrinha de milho, feijão e sorgo. “O fertilizante da SUPERBAC é uma ferramenta excelente para ajudar a enfrentar a estiagem. As plantas resistem muito melhor ao estresse hídrico em comparação com os adubos formulados”, salienta. Também no verão, 50% da área cultivável para soja é tratada com o adubo da SUPERBAC. Anderson relata que foi possível constatar uma grande diferença na produção em comparação com os cultivos anteriormente fertilizados com formulados químicos. “As plantas ficaram mais saudáveis, mais viçosas, mais verdes. Também observamos um melhor enraizamento”, destaca.

Com plantas mais sadias, a Fazenda Campo Novo Parte está conseguindo maior produtividade, sobretudo em anos secos. “Obtivemos seis sacas a mais por hectare na soja”, conta Anderson, que revela também outro fator importante: “Estamos muito satisfeitos com o atendimento da SUPERBAC. Temos inclusive consultoria na lavoura quando necessitamos, e isso nos ajuda muito”, conclui.

informações da assessoria de imprensa.

Da redação  com o Agrolink

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *