MT – Acrismat apresenta projeto para qualificar pequenos produtores de suínos

A Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat) apresentou ao governador Mauro Mendes o Projeto de Qualificação de Pequenos Produtores de Suínos de Mato Grosso. O objetivo do programa é levar informações sobre a legislação, além de acompanhar a atividade sob o aspecto econômico, social, de sanidade animal e de vigilância sanitária.

O encontro ocorreu na tarde desta segunda-feira (10.05) e teve a presença do deputado estadual, Dilmar Dal Bosco, e de representantes de entidades como o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Suínos e Aves (Embrapa), Secretaria de Estado Agricultura Familiar (Seaf), Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), além de servidores da prefeitura de Várzea Grande.

O diretor executivo da Acrismat, Custódio Rodrigues, explicou que o projeto irá mapear os criatórios de suínos, e após isso, apresentar ferramentas para que os pequenos produtores rurais consigam diminuir os custos de produção e aumentar a produtividade.

“Com a melhoria na produção, o produtor de suíno de criatório obterá maior produtividade e ganho, gerando mais renda, promovendo a inclusão social das famílias que vivem dessa atividade, impactando em melhores condições de vida para todos os envolvidos direta e indiretamente”, destacou Custódio.

O mesmo projeto proposto pelas entidades foi apresentado na última semana ao prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, que classificou como fundamental o apoio ao pequeno produtor. O município foi escolhido para realizar o piloto do projeto que consiste em promover qualificação e treinamento aos pequenos suinocultores, quanto ao melhor manejo da suinocultura de criatórios, processo de produção, comercialização e de distribuição, com foco na inclusão produtiva e geração de renda.

Da redação com o Agrolink

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *