Brasil é reconhecido pela ICCO como exportador de cacau fino e de aroma

A certificação que dá status diferenciado para países que exportam cacau fino e de aroma é feita desde 1972 pela Organização

O Brasil foi oficialmente reconhecido pela Organização Internacional do Cacau (ICCO, na sigla em inglês) como país exportador de 100% de cacau fino e de aroma, informa o Ministério da Agricultura, em comunicado. A inclusão no rol de países certificados no Acordo Internacional do Cacau, ocorreu durante reunião do Conselho Internacional da ICCO, realizada em Abidjã, na Costa do Marfim.

A certificação que dá status diferenciado para países que exportam cacau fino e de aroma é feita desde 1972 pela ICCO. A aprovação brasileira foi impulsionada pelo trabalho da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) no desenvolvimento de um dossiê técnico com informações sobre o cacau do Brasil.

No documento aprovado, o Conselho da ICCO registra que, “embora as exportações de amêndoas de cacau sejam pequenas em volume, o painel reconheceu a apresentação de dados mostrando a situação do país como exportador exclusivo de amêndoas de cacau fino ou de aroma”.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *