PIB global deve crescer 3,2% em 2018, com recuperação de emergentes

Foto: Portal do Agronegócio

O crescimento econômico global continuará forte em 2018, sustentado pelo sólido crescimento nas economias avançadas e pela expansão da recuperação nos mercados emergentes, de acordo com a agência de classificação risco Moody’s. A instituição projeta que o Produto Interno Bruto (PIB) mundial cresça 3,2% no próximo ano e 3,1% em 2019, com a expansão sendo “mais abrangente e sustentável”.

G-20

Em relação às economias avançadas do G-20, a Moody’s espera um crescimento estável, de aproximadamente 2,0% em 2017, 2018 e 2019, em comparação com 1,5% em 2016. “Essa perspectiva leva em conta o fato de que muitas economias avançadas, incluindo os Estados Unidos, estão com taxas de crescimento acima dos anos anteriores”, afirma.

Recuperação

“Estamos vendo o crescimento se expandir globalmente, com os países emergentes finalmente se recuperando e a China mais estável”, disse o vice-presidente da Moody’s, Madhavi Bokil. “Nossa visão é mais otimista hoje do que há um ano. Agora temos maior confiança de que o impulso de crescimento predominante irá durar no curto prazo”, afirmou.

Taxa

A agência espera que os países emergentes cresçam a uma taxa de 5,4% em 2018, superando o crescimento previsto de 5,0% neste ano. Em particular, “a recuperação na Argentina, no Brasil, no México, na Arábia Saudita e na África do Sul impulsionará o crescimento nesse segmento”.

Curto prazo

De acordo com a diretora-gerente da Moody’s, Elena Duggar, a perspectiva de curto prazo é reforçada por “um equilíbrio de riscos favorável”. Ela indica que os riscos geopolíticos, especialmente em relação a um conflito na Península Coreana, a direção pouco clara da política comercial americana e o potencial de queda substancial do preço dos ativos “continuam sendo os maiores riscos para o crescimento”.

Por Portal  do Agronegócio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *