Drones prometem fazer em 10 minutos o trabalho de um dia inteiro

Um drone de dois metros de diâmetro sobrevoa a plantação de cebolas e faz pulverizações aqui e ali, usando água em vez de herbicida. Na tela do controle remoto o operador acompanha a localização geográfica exata do dispositivo e as áreas pulverizadas. O equipamento é o mais recente lançamento da empresa SkymatiX, uma joint-venture criada no ano passado pelas corporações japonesas Mitsubishi e Hitachi.

Os drones agrícolas levam no abdômen um tanque para aplicação de agroquímicos e fertilizantes. A título de comparação, um produtor carregando um pulverizador costal (estilo mochila) leva um dia inteiro para pulverizar um hectare de terra. O drone pode fazer o mesmo serviço em apenas 10 minutos. Esses drones custam entre US$ 26 mil e US$ 30 mil cada um.

Segundo a consultoria Seed Planning, de Tokyo, o mercado de pulverização agrícola com drones vai dar um salto, no Japão, saindo de um faturamento de US$ 10,5 milhões, em 2016, para US$ 175 milhões em 2022. As empresas entram nesse mercado uma após a outra. “É um ramo de negócios muito promissor”, disse um revendedor.

Com informações do Gazeta do povo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *