Workshop da Embrapa vai discutir ações para detectar e mapear a principal doença de citros no Brasil

Uma das mais destrutivas doenças dos citros no Brasil, em especial nos estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerais, o Huanglongbing/HLB ou Greening como também é conhecida, será tema do workshop Ocorrência e caracterização de fitoplasmas associados a sintomas de HLB em citros e sua interação com Candidatus Liberibacter spp, evento a ser realizado pela Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (Brasília-DF) e parceiros nos dias 9 e 10 de novembro de 2017.

Foto: Embrapa Flick

O workshop é aberto a pesquisadores e estudantes de graduação e pós-graduação e ocorrerá no auditório central desta Unidade Descentralizada da Embrapa, com um total de 70 vagas e inscrições até o dia 6 de novembro. Segundo o coordenador do projeto “Ocorrência e caracterização de fitoplasmas associados a sintomas de HLB em citros e sua interação com Candidatus Liberibacter spp “na Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, Márcio Martinello Sanches, a programação conta com palestras com resultados de pesquisa e também sobre ações de ordem prática para detectar e mapear a presença da doença nas regiões produtoras. Os palestrantes vão apresentar um mapeamento sobre a situação do HLB em Minas Gerais, Paraná e São Paulo, além de abordarem os potenciais vetores do fitoplasma em citros (confira abaixo a programação).

Junto com a pesquisadora Olinda Martins, Márcio Sanches apresentará os resultados do diagnóstico de HLB e fitoplasmas alcançados em amostras foliares de citros e plantas daninhas. Sanches comenta que o evento atualizará o público interessado nas ações de pesquisa sobre o projeto homônimo ao evento, bem como nas atividades desenvolvidas num cenário mais amplo do chamado Arranjo HLB, que reúne todos os projetos de pesquisa relacionados a este tema e conduzidos pelos centros de pesquisa da Embrapa. Também oportuniza novos conhecimentos que serão levados ao workshop por meio de instituições parceiras.

Histórico do HLB

O HLB está presente nos principais países produtores de citros em todos os continentes, exceto Europa e Austrália. Os agentes causais e os vetores do HLB estão se disseminando amplamente pelo mundo, colocando em ameaça todos os polos citrícolas. Na Flórida (EUA), segundo maior produtor de laranjas do mundo, a doença afeta 100% dos talhões comerciais, com 80% de plantas sintomáticas, desde a constatação em 2005. Uma consequência direta dessa infestação elevada é a redução gradativa da produção no estado, com redução de aproximadamente 50% no período 2005-2016.

Em São Paulo, maior produtor de laranjas do mundo, o HLB foi reportado em 2004 e, em 2016, 18% das árvores apresentavam sintomas da doença. Em Minas Gerais e no Paraná, o HLB apresenta expansão tanto na sua distribuição geográfica como em número de plantas doentes. Em todas as regiões do país, observa-se a presença do vetor D. citri. Dessa maneira, projeta-se a continuação da disseminação do HLB como principal doença da citricultura, reduzindo a produção e ampliando os custos de produção da cultura nas áreas onde ocorre na ordem de 5 a 10% do custo total, além de exigir ações de defesa nas áreas ainda indenes.

 

Serviço

Mais informações: cenargen.cursos@embrapa.br

Data de realização

Dia 09/11 (quinta-feira) de 14h às 18h
Dia 10/11 (sexta-feira) de 8h às 17h;

Público-alvo
O Curso destina-se a pesquisadores e estudantes de graduação e pós-graduação para apresentação e discussão dos resultados obtidos pelo projeto.
Valor das inscrições: para este curso não será cobrada taxa de inscrição

Inscrições
O processo de inscrição ocorrerá mediante o envio da documentação exigida: (1) Ficha de inscrição devidamente preenchida e enviada para o seguinte endereço eletrônico: cenargen.cursos@embrapa.br, até o dia 06/11/2017. A ficha de inscrição pode ser obtida no link
Carga horária

Este Workshop tem carga horária de 10 (dez) horas/aula para o módulo teórico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *