Nova usina exclusiva para etanol de soja vai abrir 260 vagas

Seguindo a tendência de ampliação da matriz enérgica brasileira, especialmente com combustíveis renováveis, a Caramuru – uma das principais processadoras brasileiras de grãos – vai investir R$ 115 milhões na ampliação de seu complexo industrial em Sorriso (MT), para trabalhar com a novíssima tecnologia do etanol de soja.

Segundo a empresa, a usina tem potencial para gerar 60 empregos diretos e mais 200 indiretos na região. Além do etanol hidratado a partir de soja, o empreendimento – que deve estar pronto em até dois anos – também irá atuar com o processamento de lecitina.

A iniciativa com o biocombustível é pioneira na indústria mundial. As experiências atuais são a partir de cana-de-açúcar, milho ou beterraba. A unidade terá capacidade anual de 6,8 milhões de litros de etanol hidratado e 3.000 toneladas de lecitina.

“Esse projeto é mais uma iniciativa que a Caramuru empreende para agregar valor à sua produção. Paralelamente, o investimento abre novas oportunidades de negócios para o produtor do Mato Grosso”, afirma o vice-presidente da empresa, César Borges de Sousa.

Informações do Portal do Agronegócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *