Sistema pioneiro no mundo mitiga impacto ambiental e amplia eficácia da aplicação aérea de agroquímicos

Método de análise criado no interior do Estado de São Paulo monitora a operação de aeronaves e protege organismos vivos como as abelhas; produtores que não levam em conta padrões técnicos necessários às aplicações aéreas perdem até 50% do volume de produtos pulverizado

Fundada há pouco mais de três anos por dois jovens empresários de São João da Boa Vista (SP), a empresa Dominus Soli está revolucionando o conceito de aplicação aérea de defensivos agrícolas. Desenvolvedora da ferramenta Spray Plan, primeiro sistema de análise lançado no mundo para monitorar a operação de aviões agrícolas, a Dominus Soli conquistou uma ampla carteira de clientes, formada por produtores rurais que buscam conciliar a produtividade agrícola à mitigação do impacto de agroquímicos sobre o meio ambiente.

Sócios diretores da empresa, Antonio Loures Soares Junior e Marco Antonio Lino Junior explicam que o sistema de análise Spray Plan, originário de um projeto de inovação, transfere a gestores do agronegócio um conjunto de informações decisivo para mensurar resultados obtidos com a aplicação de agroquímicos, por via aérea, nas propriedades rurais.

“O sistema Spray Plan diagnostica falhas registradas nas aplicações aéreas. Trata-se de um recurso que evita danos às culturas, amplia o potencial produtivo de lavouras e protege organismos vivos que não estão no alvo desses tratamentos, como as abelhas”, resume Loures. O executivo atua há mais de dez anos ligado ao mercado de aviação agrícola.

Lino acrescenta que os clientes da empresa são principalmente usinas de açúcar e etanol, além de grandes produtores de algodão, arroz, citros, hortifrútis e soja, que juntos concentram cerca de 2,5 milhões de hectares de lavouras alvo de aplicações de agroquímicos.

Segundo os diretores da Dominus Soli, o sistema Spray Plan gera laudos analíticos contendo índices quantitativos e qualitativos associados às aplicações aéreas. É possível avaliar, por exemplo, se os apontamentos de um determinado tratamento contratado pelo produtor rural junto a uma empresa de aviação agrícola foram de fato cumpridos pelo piloto na execução do serviço.

“O sistema de análise permite planejar, avaliar e corrigir parâmetros como largura de faixa programada, aplicação efetiva, vazão, volumes de calda depositados fora de áreas planejadas, áreas não cobertas por produtos e aplicações sobrepostas. Pelo Spray Plan, também é possível controlar e redirecionar o volume de insumos utilizado”, complementa Loures.

Com informações do Portal do Agronegócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *