Maggi inaugura em Corumbá maior frigorífico de jacaré de cativeiro do país e do mundo

O ministro Blairo Maggi participou nesta quinta-feira (21), em Corumbá (MS), da inauguração do maior frigorífico de jacarés de cativeiro do Brasil e do mundo. Investimento de R$ 35 milhões, o Caimasul tem capacidade para abater 600 animais por dia, mas processará 400 na primeira fase. Segundo Maggi, o empreendimento tem grande potencial para contribuir com o esforço do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) de elevar de cerca de 7% para 10% a participação do país no comércio mundial de alimentos nos próximos anos.

“Nosso país é um grande exportador de produtos agropecuários. Hoje, exportamos cerca de US$ 85 bilhões por ano, o que representa em torno de 7% do comércio global de alimentos. Sabemos que não atingiremos 10% do mercado mundial apenas com algodão, milho, pecuária e soja. E este empreendimento se insere no contexto de vendermos mais para o exterior produtos com maior valor agregado, como o couro e a carne de jacaré de cativeiro”, destacou Maggi.

Em seu discurso na solenidade, que contou com a presença do governador do estado, Reinaldo Azambuja, do prefeito de Corumbá, Ruiter de Oliveira, e de parlamentares do estado e do município, o ministro ressaltou que a inauguração do frigorífico é um marco na história do Pantanal, especialmente na relação do homem com a natureza. “O uso sustentável dos recursos, no caso, o jacaré de cativeiro, significa uma nova oportunidade econômica para o Pantanal e para a gente pantaneira.”

Com informações do MAPA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *