Previsão da safra de grãos recua 0,5% em agosto, mas mantém recorde

A safra nacional de grãos em 2017 teve um recuo de 0,5% referente ao mês de agosto. A estimativa representa 1,2 milhão de toneladas a menos do que a produção estava prevista em julho.

Um pouco mais da metade deste recuo, totalizando 829 mil toneladas, correspondem à revisão de estimativas para a segunda safra do milho, destinadas em grande parte no estado de Goiás.

O trigo e a soja também não ficaram de fora da revisão de estimativa e indicou queda em comparação ao mês de julho.

Entretanto, a previsão da safra nacional ainda é de recorde: 240,9 milhões de toneladas, um aumento de 30,4% em relação a 2016, impulsionado pelas safras recordes de soja (115 milhões de toneladas) e milho (98,4 milhões de toneladas), segundo dados do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, divulgado hoje (12).

Carlos Antonio Barradas, pesquisador do IBGE, explica que os impactos da safra que o país está colhendo são muitos positivos tanto para o mercado interno quanto para o externo.

Com informações do IBGE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *