Terminal do Paraná é vendido para operadora chinesa por R$ 2,9 bilhões

A transação é o primeiro investimento da CMPort na América Latina e abrange também a subsidiária TCP Log, que presta serviços logísticos como armazenagem e carregamento.

O acordo prevê a compra de 50% das ações que pertencem à Advent International e de 40% da parte que pertence aos acionistas fundadores da TCP.

A operação, que foi anunciada neste domingo (3) deve ser concluída até o fim deste ano, sendo necessário passar pelas etapas de aprovação regulatória, incluindo o parecer do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Terminal

A TCP opera um dos maiores terminais de contêineres do país em regime de concessão no porto de Paranaguá. Sua capacidade anual é de 1,5 milhão de TEUs -cada TEU equivale a um contêiner de 20 pés-, e há um projeto de expansão para atingir capacidade anual de 2,4 milhões de TEUs até o fim de 2019. Atualmente, a TCP movimenta cerca de 10% dos contêineres no Brasil.

Informações Folha de S. Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *