Produção brasileira de brócolis é destaque na América do Sul

A América do Sul é responsável por cerca de 10% de toda a produção de brócolis no mundo. Dentro deste ranking, o Brasil está na posição de liderança, sendo o maior produtor sul-americano de brócolis, com 48% do total de cultivo da hortaliça. Em segundo lugar está o Equador, com 23%; seguido do Peru, com 9%; além da Argentina e do Chile, com 7% e, por fim, os demais países que somam 6% de toda a produção.

No Brasil, a cultura do brócolis movimenta anualmente cerca de 1,2 bilhão de reais no varejo, com uma produção de 290 mil toneladas e um crescimento médio de mercado, em torno de 4% a 5% ao ano. Os dados são da Sakata Seed Sudamerica, líder mundial no segmento de sementes de brócolis, e da Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas (ABCSEM).

Neste contexto de mercado, com números que impressionam, o brócolis é bastante expressivo para o agronegócio brasileiro, cujo potencial de crescimento reside, principalmente, na ampliação do consumo desta hortaliça pela população, por meio de ações de incentivo. Neste sentido, um grande exemplo foi a realização da 5ª Broccoli Consumption Conference – Conferência Internacional de Consumo de Brócolis –, evento pioneiro e inédito no Brasil, idealizado pelo Grupo Sakata, multinacional japonesa de sementes de hortaliças e flores, presente no mundo todo. Uma ação totalmente inovadora, voltada para a disseminação da importância do aumento do consumo de brócolis pela população, que reuniu formadores de opinião das áreas de Pesquisa, Saúde, Nutrição, Gastronomia, Varejo e profissionais da Imprensa.

Informações do Portal do Agronegócio. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *