Irã e Egito aumentam compras de carne bovina Mato-Grossense

Segundo o relatório, o primeiro gastou 64,02% a mais com a proteína bovina mato-grossense no comparativo mensal, posicionando-se como o principal comprador externo do Estado, enquanto isso, o Egito despendeu um montante 68,35% maior em julho em relação a junho. Conforme o Imea, ao se juntarem com Hong Kong, estes três países são responsáveis por 64,06% dos envios mato-grossenses de carne bovina in natura do mês de julho.

“Cabe ressaltar que esta é a primeira vez na história que três países diferentes gastam mais de US$ 20 milhões com carne mato-grossense. Dito isso, vê-se que, após viver um momento delicado nos últimos meses, a proteína bovina de Mato Grosso volta às prateleiras do mundo”, destacam os analistas do Imea.

Conforme Só Notícias/Agronotícias já informou, Mato Grosso bateu recorde de receita em exportações de carne bovina no último mês. De acordo com o Imea, com base em dados da Secretaria de Comércio Exterior, o Estado obteve receita de US$ 107,16 milhões com a venda de 24,46 mil toneladas de proteína bovina in natura, o maior montante de receita obtido desde novembro de 2015 e o maior volume vendido desde fevereiro de 2014.

Informações do Portal do Agronegócio. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *